<
Faça aqui sua inscrição ou indicação

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

O prêmio

O ambientalista Hugo Werneck (1919-2008), um dos precursores da consciência ecológica na América Latina, acreditava que só o amor poderia mudar a atitude do ser humano em relação ao meio ambiente e à natureza que nos resta. A Revista Ecológico também compartilha dessa filosofia e acredita que valorizar pessoas, empresas e instituições que estão nesse caminho incentiva novas ações e atitudes cidadãs.

Foi com essa missão que, em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg)/Sesi/Senai, por meio do SindiExtra e do Ibram, o Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza foi criado em 2010. A premiação propõe reconhecer, divulgar e premiar os melhores exemplos de gestão, revitalização e preservação ambiental, bem como indicações de pessoas e instituições dedicadas à causa ambiental em todo o país.

Já em sua oitava edição, o prêmio se tornou uma referência nacional, de Minas para o Brasil. Acumula mais de 800 inscrições e indicações recebidas; 111 vencedores e homenageados.

Como parte integrante do calendário político, empresarial e institucional do país, também incentiva o diálogo entre diferentes níveis de governo e a sociedade para a busca conjunta de soluções sob a ótica da sustentabilidade - de forma socialmente justa, economicamente viável e ecologicamente correta.

Com participação do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e seus órgãos colegiados – IGAM, IEF e FEAM -, o Prêmio Hugo Werneck tem ainda a parceria do Sistema Fecomércio MG/Sesc/Senac. A supervisão técnica da Fundação Dom Cabral. A legitimação do Centro Hugo Werneck de Proteção à Natureza. O apoio da Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda). O engajamento da Fundação SOS Mata Atlântica. E, ainda, a nossa fé e esperança no desenvolvimento realmente sustentável e amoroso.

Tema 2017 - A Terra pede paz!

Um mundo de paz não é apenas aquele com ausência de guerras. Mas sim que respeita a natureza, não destrói suas florestas, não mata seus animais, não polui as águas nem escurece o ar. É este o Planeta Terra que a oitava edição do Prêmio Hugo Werneck vai buscar e mostrar: uma Terra mais verde, justa, igualitária, ambientalmente responsável. Um mundo biodiverso e humanizado. Uma humanidade menos egoísta e mais solidária com o próximo e com a natureza.

Solenidade

A data da cerimônia de entrega do VIII Prêmio Hugo Werneck, este ano, teve de ser antecipada, em função do ministro de Meio Ambiente e várias personalidades brasileiras estarem participando do próximo encontro climático mundial - a COP-23, de 06 a 17 de novembro, em Bonn, na Alemanha: será no dia 26 de outubro, na capital mineira.

Homenagem do ano Sebastião Salgado & Lélia Wanick

Segundo acordo temático firmado pela Revista Ecológico com o ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, em Brasília, a 8ª edição do “Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza” - o “Oscar da Ecologia brasileira” 2017 - terá como seu homenageado principal não apenas uma personalidade, como é tradição. Mas um casal distinto planetariamente na causa que mais deveria preocupar os governantes e ainda pode salvar a humanidade do seu destino em comum.

Trata-se do casal Lélia Warnick e Sebastião Salgado, ambos responsáveis, a exemplo da última publicação “Gênesis”, pelos documentários fotográficos e editoriais mais audaciosos, importantes e esperançosos sobre o estado ambiental do Planeta Terra: desde a morte em transe de milhares de pessoas refugiadas da seca na África até a tragédia da Samarco no Rio Doce, o maior e antiecológico acidente já ocorrido na história ambiental brasileira.

 

 

Foto: RICARDO BELIEL